Anna Munhoz

Era Anna Oliveira. Daí casei.

Voltando atrás

Às vezes, acontece de ignorarmos a intuição, tomarmos uma decisão e termos que voltar atrás. Vou voltar a tirar umas “férias” do blog. Eu preciso de mais tempo afastadinha daqui. Eu preciso fazer um compromisso maior com outras coisas.

Você pode me seguir no instagram ou facebook. Se tiver alguma novidade, ficarão sabendo por lá. 😉 Muito obrigada. ❤

Volto em 2018.

twitter | instagram | snapchat | e-books

Anúncios

Modificando a frequência de textos por aqui

Oi, oi!

Tenho um pequeno recadinho para vocês. O blog costumava ter posts todos os domingos na parte da manhã. Como ainda estou me adaptando à nova vida, não terminei a mudança, etc, vou mudar essa frequência.

Os posts continuarão sendo aos finais de semana (domingo), porém serão uma semana sim, uma semana não. 🙂

É isso! Obrigada à você que lê, comenta e compartilha meus textos. Um beijo! ❤

twitter | instagram | snapchat | e-books

(Quase) Férias!

Oi! Julho costuma ser época de férias, Camp NaNoWriMo e um alívio para juntar mais forças pro restante do ano. Para mim, Julho (junto com Agosto) vai significar outras coisas: casamento, lua de mel e mudança.

É por isso que vou tirar “férias” do blog. Manter a constância de publicar algo aqui toda semana é uma conquista pra mim; mas também é importante saber ter equilíbrio e aproveitar cada momento.

Logo, logo estou de volta! Assine a news pra receber email quando eu voltar: clica aqui.

Até o dia 20 de Agosto!

twitter | instagram | snapchat | e-books

Confiança

É tudo vaidade e, com o passar dos anos, enfado
Continuo me importando sabendo que o mais importante não posso ver
Deus, me perdoa. Estou cega pra Você

O que mais me anima é lembrar de Jeremias
Suas misericórdias se renovam a cada dia
Toda manhã tenho uma nova chance pra mudar a ótica de como viver

“Não confie, pois, na vaidade, enganando-se a si mesmo, porque a vaidade será a sua recompensa.” (Jó 15:31)

twitter | instagram | snapchat | e-books

Covarde

Todos os dias, ela acordava em pânico. Pesadelos com o pai, a mãe, as irmãs, a avó. Começou a namorar e seu maior medo tornou-se perdê-lo. Conhecia um novo nível de pavor toda vez que acordava.

Não era amor por eles. Era um medo egoísta. Seu maior terror seria ficar sozinha.

Este e outros minicontos foram publicados no app Diminuto.
Clique aqui para ler todos.

twitter | instagram | snapchat | e-books

Como pode?

“pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele.” (Filipenses 2:13)

twitter | instagram | snapchat | e-books

Da Janela

A lua sobe e o céu escurece
As luzes se apagam, algumas poucas ficam acesas
Uma luz no quarto
Uma luz no banheiro
Uma TV piscando na sala
Uma geladeira aberta com alguém em frente à ela
Cada um vivendo a sua vida
Cada um tendo a sua própria rotina (ou a quebra dela)

Cada um em seu canto, cada um em seu quadrado
Durante o dia, foram os quadrados do escritório
À noite, são os quadrados de cada prédio
Apartamento, casa, quarto de hotel
Cada um com a sua vida

Cada um com a sua vida
e eu aqui bisbilhotando cada uma delas

Cada um tem sua vida
e continua assim:
Cada um com a sua própria vida (ou a falta dela)

twitter | instagramsnapchat | e-books

Sem Atalhos para o Amor: Meu segundo e-book

Publiquei meu segundo e-book na Amazon!

Não, não é outro livro de poesias. Este e-book conta a história da Clarice e do Rafael, personagens que nasceram lá em 2013. Depois de tanto tempo, decidi desengavetar esses diálogos e estou muito feliz com o resultado. Olha a sinopse:

A partir de alguns esbarrões no corredor e de um pedido inesperado, Clarice e Rafael vão descobrir que o amor acontece nas entrelinhas de cada diálogo.

Você pode ler e/ou comprar a história clicando AQUI. O e-book está disponível para leitura gratuita no Kindle Unlimited (dá pra aproveitar 30 dias de teste). E também tem uma versão em inglês!

Por favor, dê seu feedback quando terminar a leitura. Faça uma review/avaliação na Amazon e indique a leitura para os seus amigos. Isso ajuda bastante. ❤

COMPRE SEM ATALHOS PARA O AMOR
No Shortcuts for Love
(versão em inglês)

twitter | instagramsnapchat | e-books

Vida corrida

Cada dia um novo pepino. Uma nova batata. Alguns dias, havia toda uma salada! Problemas aqui e ali. Era tanto problema que não acabava. Coitada dela… Tinha uma hortaliça completa e, apesar dos estresses, se dava bem com ela.

twitter | instagramsnapchat | e-books

CLICK

O frio, as cores, a paisagem, as flores… A arquitetura e as ruas! Até mesmo a falta de luz no céu nublado. Os detalhes criavam o cenário perfeito para a garota explorar a cidade histórica pelos olhos analógicos da Lomo nova.

twitter | instagramsnapchat | e-books